Resenha do livro - A menina que não sabia ler

21 de jul de 2014


 Pelo que eu li e entendi conta a história de uma menina um tanto atribulada, ela parece criar certas coisas que acabam a prejudicando e achando coisas que não são reais, ou seja, alucinações, pelo que mostrou no decorrer da história, a unica pessoa na qual ela se importa e faz de tudo para proteger é seu irmão caçula Giles, ela desconfia de todos na sua volta inclusive da nova governanta, achando que ela fugirá com seu irmão, deixando-a sozinha.  A história eu achei completamente sem graça, o livro em nenhum momento me chamou a atenção e me prendeu, porém eu li até o final pois não gosto de abandonar um livro depois de ter começado a ler.  A história até tem um ar de mistério, em algumas partes eu achei até que poderia melhorar, porém perdi as esperanças.
 Se eu indico? Não. O final é extremamente decepcionante, fiquei totalmente revoltada, ao menos queria que a menina tivesse algum tipo de tratamento ou amparada por tudo que passou e fez. 
 Abaixo deixarei a sinopse com a foto da capa do livro, a minha resenha obviamente vocês não devem ter entendido muito, pois nem eu consegui direito entender o real objetivo e intenção, foi um final digamos incompleto e duvidoso, muito difícil para resenhar sem soltar alguns spoilers.
SINOPSE:
Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?
 

 A minha nota final para o livro é apenas uma estrela para ser "generosa".  
★✩✩✩✩

Espero que tenham gostado do post de hoje, eu demorei muito para publicar essa resenha pois eu estava tão desinteressada de continuar lendo, como eu disse, esse livro não me prendeu. Beijos e até breve 

2 comentários:

  1. Oi Letícia, é a primeira vez que venho no seu blog. Bom, eu particularmente amei o livro "A menina que não sabia ler', a história me prendeu totalmente pelo fato de haverem reviravoltas a todo instante. A história é fascinante simplesmente pois você, ou eu pelo menos, se envolve de uma maneira que quer descobrir o que irá acontecer. Eu amei o final, a parte do poço? Realmente incrível.

    Desculpa estar te contrariando, mas é a minha opinião. Beijos, adorei o blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana, nossa você realmente achou o inverso do que eu achei, eu realmente não me interessei pela história, claro olhando por esse lado das reviravoltas tenho que admitir que me interessei um pouquinho mais em descobrir. Na parte do poço eu realmente não esperava por aquilo kkkk
      Que isso, quanto a isso nem esquenta, eu até gostei de saber a tua opinião, ainda mais que ela foi totalmente oposta da minha, adorei teu comentário... Volte mais vezes, beijos! <3

      Excluir