Resenha do livro e filme: Água para elefantes

19 de fev de 2015
 Sinopse:Jacob Jankowski (Hal Holbrook) já passou dos 90 anos e não consegue esquecer seus momentos da juventude nos anos 30, período difícil da economia americana, que o levou a trabalhar num circo. Foi lá, enquanto era jovem (Robert Pattinson) e um ex estudante de Veterinária, que ele conheceu a brutalidade dos homens com seus pares e também com os animais, mas encontrou a mulher por quem se apaixonou. Marlena (Reese Whiterspoon) era a Encantora dos Cavalos, a principal atração e esposa do dono do circo: August (Christoph Waltz) um homem carismático, mas extremamente perigoso quando suas duas paixões estavam em jogo.
Nota: ★ ★ ★ ★ 
 Primeiro irei falar sobre o livro: Foi um livro muito gostoso de ler, sempre que eu terminava o capitulo ficava pensando como seria a continuação dele, era como se eu sentisse a necessidade de saber ainda mais, como se eu estivesse sentada com o velho, no caso, o Jacob e ele estivesse me contando sua história, não dava para interromper, cada vez eu queria saber mais e mais.
 Eu demorei para terminar a leitura por dois motivos: Uma pelos capítulos serem extensos, o que tornava um pouco cansativo já que eu gosto de capítulos curto, independente da quantidade que há. Sim, é meio que psicológico kk. E o outro motivo foi por os meus dias estarem muito corridos, eu, uma pessoa viciadíssima em séries, não assisto-as faz um tempo, o trabalho tem me ocupado um bocado de tempo, e claro, a minha priminha que nasceu a uma semana, ou seja, não sobra tempo para mais nada.
 No que eu mais gostei nesse livro foi que a história foi narrada pela própria pessoa que havia vivido tudo aquilo, é muito emocionante, engraçado, romântico... O que mais me chamou a atenção para comprá-lo (além do preço, que eu achei por menos de R$10) foi a capa onde mostra os dois atores que eu conheço, no caso a Reese Witherspoon é uma ótima atriz e o Robert Pattinson que na minha opinião a atuação dele também foi muito boa, mesmo ele não sendo o meu ator favorito.
 Vale a pena a leitura, requer paciência caso você for que nem eu, de não gostar de capítulos extensos, mas mesmo assim eu recomendo, acho que isso é um detalhe insignificante quando se trata de uma história tão legal.  Minha nota foi quatro estrelinhas justamente pelo que citei acima.
 Quanto ao filme... Apesar dos apesares, ou melhor dizendo o que já todos estão acostumados a ouvir, o filme nunca sai igual ao livro, isso é fato e eu até concordo em partes, faz parte, até porque se fosse colocar tudo, ficaria extenso de mais, mas eu digo uma coisa a vocês, apesar das cenas que não foram mostradas, de outras que nem sequer foram mais abordadas como no livro, até mesmo algumas foram levemente modificadas, eu gostei mais que o livro.
 O motivo é simples: Eu sempre me emociono mais assistindo do que lendo, e a interpretação deles ficou tão bacana que não teve como eu gostar, não foi como eu imaginava quando estava lendo, algumas vezes fui surpreendida outras fiquei meio "bolada" mas não posso dizer que não gostei.
 Dou as quatro estrelinhas e meia para o filme, aquela meia ali significa a minha emoção que no caso eu senti mais, do que quando li o livro. "Ah e porque não 5?" Pois o filme teve algumas cenas cortadas e por mais que isso faça parte, teve algumas que não deveriam ter sido, para mim eram consideradas muito boas e deveriam ser melhor abordadas, e o que me incomodou foi a modificação de algumas, mas enfim, nada é perfeito...
 Se vocês lerem o livro, recomendo assistirem o filme. E para quem ta querendo apenas assistir o filme, eu recomendo que leia o livro antes, sério, apesar de ter recebido meia estrelinha a menos, tem tudo bem explicadinho, vale a pena esperar para assistir depois, assim vocês entendem melhor o filme e acabam gostando muito mais da história.
 Eu espero que vocês tenham gostado da resenha, não esqueçam de comentar aí em baixo algumas sugestões, opiniões, enfim, não saiam sem deixar um recadinho, isso me faz muito feliz e me deixa ainda mais motivada para trazer novos posts aqui no blog. Beijos e até a próxima...

0 comentários:

Postar um comentário